Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 16 de setembro de 2019

Em Portugal o “Jornal de Notícias” refere, sobre a sondagem das eleições legislativas, que os “Socialistas caem mas o PSD ainda está a 16 pontos”. Segundo o “Diário de Notícias”, o “Partido da Terra acusa partidos de serem eco-oportunistas”. 

“Governo planeia conceder subsídios a vítimas de desastres naturais”, avança a “RTTL” sobre Timor-Leste. O “Sapo Notícias” partilha que o “Parlamento de Timor-Leste chumba saída do PR [Presidente da República] para participar na AG [Assembleia-Geral] da ONU [Organização das Nações Unidas]”. 

O “Jornal de Angola” destaca que o ministro português dos Negócios Estrangeiros “Augusto Santos Silva participa na abertura da Bienal de Luanda”. Na “Angop” pode ler-se “MPLA na Lunda Norte exorta participação dos militantes nas reformas em curso no país”. 

Em Moçambique o líder da Renamo “Ossufo Momade acusa membros da Frelimo de inviabilizar a sua campanha eleitoral”, publica “O País”. A “Folha de Maputo” divulga que o líder da Frelimo “Nyusi promete colocar Namuno na rota desenvolvimento”. 

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, noticia “Pequenas encomendas: A franquia praticamente foi extinta porque ninguém manda encomenda inferior a 10 mil escudos – PP”. O “Expresso das Ilhas” informa que “Cabo Verde e Guiné-Bissau facilitam circulação e permanência de cidadãos entre os dois países”. 

No Brasil “O Globo” tem em manchete “Cortes atingem projetos estratégicos da Defesa, e orçamento é o menor desde 2005”. O “OAS [conglomerado brasileiro] afirma que assumiu obra deficitária na Bolívia por exigência de Lula”, de acordo com a “Folha de S.Paulo”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo