capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 19 de janeiro de 2022

Em Portugal o “Público” noticia “Eleições Legislativas 2022: Regionalização regressa à agenda dos partidos e pode avançar na próxima legislatura”. O “Expresso” cita o líder do Chega, André Ventura, através do título “O ‘ar de beata’ de Catarina, um Rio ‘a prazo’ e um Costa que ‘já não serve’: os ataques de Ventura, o ‘Rocky Balboa do século XXI’”.

Sobre Cabo Verde “A Semana” escreve “MpD: Deputado Orlando Dias defende redução de gastos de 400 milhões do governo em combustíveis para 1.300 viaturas e diminuição da pobreza extrema em Cabo Verde”. A “Inforpress” refere “São Vicente: ‘Saio da Comissão Política Regional do PAICV de consciência tranquila’ – Alcides Graça”.

Na Guiné-Bissau a “ANG” publica “Ministro das Finanças revela que o Governo vai investir cerca de 749 milhões de fcfa na reabilitação do HNSM [Hospital Nacional  Simão Mendes]”. Já “O Democrata” cita o Presidente da República, Sissoco Embaló, através do título “Por razões constitucionais não posso nomear Domingos Simões Pereira primeiro-ministro”.

No Brasil a “Folha de S.Paulo” noticia informa “Correção inflada no teto de gastos vai garantir R$ 1,8 bi extra a Bolsonaro em ano eleitoral”. Segundo o “Estadão”, “Procuradores chegam a receber mais de R$ 400 mil em um mês após decisão de Aras”.

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, menciona que o “Governo apela à população a fiscalização das obras de abastecimento de água potável a sul da ilha do Príncipe”. O “Jornal Transparência” indica “Revisão em baixa da recuperação do mercado de trabalho para 2022”.

“STAE [Secretariado Técnico da Administração Eleitoral] regista observadores nacionais e internacionais para eleições presidenciais”, divulga a “Tatoli” em Timor-Leste. O “Sapo Notícias” partilha que o “Governo timorense remete decisão sobre demissão de chefe das forças armadas para breve”.

Na “Carta de Moçambique” lê-se “Julgamento das ‘dívidas ocultas’: advogado da família Guebuza, Chivale, é procurado pela Justiça”. A “Folha de Maputo” escreve “PGR [Procuradoria-Geral da República] detém oito indivíduos por desvio de 18,6 milhões de dólares”.

O “Angola 24 Horas” informa que “UNITA e PRS dizem que MPLA prepara eleições fraudulentas, mas CASA-CE discorda”. O “Jornal de Angola” refere que o embaixador português em Angola, Pedro Pessoa e Costa, considera que “A relação entre Portugal e Angola ‘é única’”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin