Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 21 de janeiro de 2021

capa da Revista de Imprensa Lusófona

Em Portugal o “Governo anuncia fecho de creches, escolas e universidades a partir de sexta-feira”, escreve o “Público”. O “Expresso” avança “Sondagem Presidenciais. Marcelo vence na popularidade e Ventura na rejeição”. 

Sobre Moçambique a “Folha de Maputo” noticia que o “PR ordena nova direção do EMG [Estado Maior General] a restabelecer a paz”. No “MMO Notícias” pode ler-se “Ataques: Nyusi pede atenção acrescida na proteção dos projetos de gás”. 

Na Guiné-Bissau “ANG” cita o Presidente do Conselho de Administração da Rádio Televisão de Cabo Verde, Policarpo de Carvalho, que afirma que “Cabo Verde e Guiné-Bissau vão assinar protocolo de acordo no domínio da média”. Já “O Democrata” cita o primeiro vice-presidente do PAIGC, Cipriano Cassamá, que declara que o “PAIGC vive um clima de desconfiança, de intrigas e tentativa de rebelião”. 

Covid-19: Portos nacionais perderam quase 30% do movimento de passageiros em 2020”, refere o “Expresso das Ilhas”, em Cabo Verde. “A Nação” informa que a “Comunidade cabo-verdiana nos EUA [Estados Unidos da América] projecta ganhos para o mandato de Biden”. 

No Brasil “O Globo” destaca que “Conselheiros do MPF [Ministério Público Federal] dizem que Bolsonaro violou Constituição ao pregar que militares é quem decidem se há ditadura”. O “Estadão divulga que o “Governo isola chanceler Ernesto Araújo em negociação com Pequim por insumos”. 

Em São Tomé e Príncipe o “Primeiro-Ministro endereça mensagem de felicitação ao Presidente dos EUA [Estados Unidos da América] Joe Biden”, segundo o “Jornal Transparência”. A “STP-Press” publica que a “Ex-adjunta do protocolo é a nova assessora presidencial para área social, cultural e ambiental do PR [Presidente da República]”. 

Em Angola o “MIREX [Ministério das Relações Exteriores] trava denuncias sobre corrupção”, menciona o “Club-K”. A “AngoNotícias” partilha “Covid-19: Crise leva TAAG a cortar nos subsídios dos trabalhadores”. 

O site do Governo de Timor-Leste noticia a “Assinatura do Protocolo de Transferência de Dotação Orçamental para a RAEOA [Região Administrativa Especial de Oecusse Ambeno] e Lançamento da utilização da plataforma Goverment Resource Planning pela RAEOA”. O “Governo efetuará pagamento do subsídio de 200 dólares na RAEOA”, indica a “Tatoli”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo