Revista de Imprensa Lusófona de 21 de outubro de 2022

Na Guiné Equatorial o “Vice-Presidente supervisiona pessoalmente algumas das obras públicas do Estado”, segundo o site do “PDGE”. O site institucional do Governo publica “Nguema Obiang Mangue lidera o projeto de privatização dos portos nacionais”. 

A “Carta de Moçambique” escreve “Terroristas atacaram minas da Gemrock em Montepuez e forçam paralisação da Montepuez Ruby Mining”. De acordo com a “Folha de Maputo”, “PR concede perdão aos terroristas que se entregaram às autoridades governamentais”. 

Sobre São Tomé e Príncipe o “Jornal Tropical” noticia “Governo são-tomense repudia ‘manipulação’ do Príncipe sobre concessão do porto regional”. A “Téla Nón” menciona “Concessões portuárias – Governo Central desmente Governo Regional do Príncipe”. 

No Brasil o “Estadão” tem em manchete “Lula e Bolsonaro focam no Sudeste e até ‘repetem’ agendas na reta final do segundo turno”. Já “O Globo” destaca “Ministros intensificam participação em atos de campanha de Bolsonaro mesmo em horário de expediente”. 

Quanto à Guiné-Bissau, “O Democrata” refere “Cooperação bilateral: Chefe de Estado cabo-verdiano inicia hoje visita oficial de três dias a Bissau”. A “ANG” divulga “Eleições: Analista político diz que adiamento das legislativas não surpreende quem está atento ao processo”. 

Em Cabo Verde “A Semana” partilha “PR de Cabo Verde alerta que insegurança alimentar pode provocar tensão social”. A “Inforpress” informa “Santiago Sul: PAICV diz que situação do ICCA é ‘preocupante’ e pede solução ao Governo”. 

“Chega pede demissão de ministros com incompatibilidades, Governo diz que cumpre a lei”, lê-se no “Público”, em Portugal. O “Expresso” indica “PCP quer saber o que justifica ‘brutal aumento’ nas portagens da 25 de Abril e Vasco da Gama”. 

O “Jornal de Angola” avança “Angola e Portugal harmonizam regras sobre a concessão de vistos”. O “Angola 24 Horas” publica “Mulher do ministro da Energia de Angola suspeita de lavar dinheiro em Portugal”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…