capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 22 de abril de 2021

Em Angola o “Club-K” menciona que a “UNITA demarca-se dos actos de violência contra Presidente do CNJ [Conselho Nacional da Juventude] na última manifestação em Luanda”. De acordo com “O País”, “Mais de 700 empresas não pagam a Segurança Social”. 

Sobre Cabo Verde, o “Expresso das Ilhas” refere que o “PR [Presidente da República] ausculta forças políticas com assento parlamentar sobre resultados das eleições”. Segundo “A Nação”, o “PAICV insta autoridades a investigar se campanha eleitoral fez aumentar número de casos da covid-19″. 

No Brasil a “Folha de S.Paulo” tem em destaque o título “Convidada por Biden, líder brasileira diz que desmonte de políticas indígenas piorou com Bolsonaro”. O ministro do Meio Ambiente “Salles atuou de forma explícita a favor de madeireiros, diz delegado da PF [Polícia Federal] afastado”, citado pelo jornal “O Globo”. 

A “Carta de Moçambique” noticia que o “Governo diz estar a prestar assistência humanitária à população que se encontra em Palma”. Na “Folha de Maputo” lê-se que “Terrorismo ameaça soberania e integridade territorial de Moçambique”. 

“‘Regresso de Domingos Simões Pereira inquieta as pessoas’, diz Secretário Nacional de Comunicação do PAIGC”, citado pela “ANG”, na Guiné-Bissau. “O Democrata” aborda que “Jovem informático lança ‘Museu de Arte e Cultura’ online para promover cultura guineense”. 

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, avança que “Governo são-tomense retoma pagamento aos trabalhadores em situação de lay-off“. O “Jornal Transparência” divulga que o Primeiro-ministro são-tomense felicita seu homólogo Cabo-Verdiano Ulisses Correia e Silva”. 

Em Portugal o “Expresso” destaca “Bazuca: Portugal entregou versão final em Bruxelas: ‘Exige celeridade, rigor e escrutínio na execução’, diz Costa”. Diário de Notícias” partilha “Segurança Social. Custos com o desemprego subiram 41% num ano”. 

O site do Governo de Timor-Leste publica a “Lista de legislação relacionada com o estado de emergência”. A “Tatoli” escreve que o “MAE [Ministério da Administração Estatal] regista 21.676 famílias afetadas pelas cheias”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin