capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 22 de setembro de 2021

Em Portugal o “Público” destaca que o “Estado paga subvenções vitalícias a 239 ex-políticos e juízes”. No “Diário de Notícias” lê-se “Liderança do PSD: Rio a dar tudo para ficar. Opositores também andam por aí até dia 26”. 

A “Agência Brasil” noticia que o “Senado aprova alteração nas regras dos fundos constitucionais”. Segundo “O Globo”, “Ministro da CGU [Controladoria-Geral da União] passa a investigado após chamar Simone Tebet de ‘descontrolada’ na CPI [Comissão Parlamentar de Inquérito] da Covid”. 

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, escreve “Medidas para mitigar efeitos do aumento da energia têm “contornos eleitoralistas” – PAICV”. No jornal “A Nação” pode ler-se “Preços da TAP para comunidades da diáspora são abusivos – Jorge Santos”. 

“Governo vai propor a Lú Olo 18.º estado de emergência” e “Cerca sanitária mantém-se na capital por mais sete dias e é levantada em três municípios” são dois dos temas divulgados pela “Tatoli”, em Timor-Leste

De acordo com a “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, o “Governo inicia quinta-feira 2º pagamento a 16 mil famílias são-tomenses para mitigar efeitos da pandemia”. 

Quanto a Angola, “O País” informa que o partido “PRS queixa-se de irregularidades nos mapeamentos sobre o registo eleitoral”. O “Club-K” refere “Governo angolano preocupado com aumento de homicídios com armas de fogo”. 

Na Guiné-Bissau a “ANG” menciona que o “PR [Presidente da República] guineense promete abordar na ONU [Organização das Nações Unidas] levantamento de sanções aos militares do país”. Já “O Democrata” publica que o “Líder do CNA [Conselho Nacional Africano] pede demissão do governo ou uma remodelação ‘profunda’”. 

A “Carta de Moçambique” partilha que o ministro da Defesa “Jaime Neto desconhece o uso de minas terrestres pelos terroristas em Cabo Delgado”. A “Folha de Maputo” indica que o “Governo aprova plano de reconstrução de Cabo Delgado no período 2021-2024″. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin