Lusofonia | Notícias

Revista de Imprensa Lusófona de 23 de fevereiro de 2021

capa da Revista de Imprensa Lusófona

Em Portugal o “Público” refere que a “Oposição diz que Portugal não está a testar como devia” no que diz respeito à Covid-19. “Carta aberta às televisões pede informação sóbria e critica ‘obsessão opinativa’”, informa o “Jornal de Notícias”.

No Brasil o “Estadão” destaca que o “Líder do governo na Câmara defende nepotismo no setor público”. Já “O Globo” menciona que “Empresário de Miami é investigado como elo internacional do financiamento de atos antidemocráticos”.

Sobre Timor-Leste a “Tatoli” avança que o “Governo timorense congratula-se com posição de Timor-Leste no relatório do IPC [Índice de Perceção da Corrupção]”, ao ocupar o 86.º lugar numa lista de 180 países.

Em Moçambique o “PR [Presidente da República] lamenta morte de Daviz Simango”, segundo a “Folha de Maputo”. No “Notícias Online” lê-se que o ex-chefe de Estado “Guebuza elogia contributo de Daviz Simango na democratização do país”.

Na Guiné-Bissau “O Democrata” noticia que o “Dirigente de APU-PDGB ameaça convocar revolta popular para ‘travar desmandos’ do chefe de Estado guineense”. A “ANG” publica que o “Presidente da República exonera CEMFA [Chefe de Estado-maior da Força Aérea] Ibraima Papa Camará e o seu vice Carlos Bampoque”.

“PAICV: Comissão Política Regional de Santo Antão demarca-se da lista apresentada pela Comissão Política Nacional do PAICV”, escreve o “Expresso das Ilhas” em Cabo Verde. O deputado do partido MDM “Miguel Monteiro anuncia saída da Política ‘activa’”, de acordo com “A Nação”.

O “Jornal de Angola” divulga “PRS regozijado com as acções do Governo”. A “Angop” partilha que a “UNITA diz ser contra vandalismo e desordem”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo