Revista de Imprensa Lusófona de 24 de fevereiro de 2022

capa da Revista de Imprensa Lusófona

capa da Revista de Imprensa Lusófona

Sobre Timor-Leste a “Tatoli” escreve que “STAE [Secretariado Técnico da Administração Eleitoral] e MNEC [Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação] mantêm preparação das eleições presidenciais na Austrália”. O “Sapo Notícias” partilha “Ex-embaixador timorense Constâncio Pinto diz-se candidato ‘alternativo’ a PR [Presidente da República]”. 

Na Guiné-Bissau a “ANG” noticia “Domingos Simões Pereira impedido de deixar o país pelo Ministério Público”. Segundo “O Democrata”, “Julgamento de suspeitos de tráfico de droga inicia hoje no Tribunal Regional de Bissau”. 

Em Portugal o “Observador” informa “Guerra na Ucrânia. António Costa pede “reunião urgente” do Conselho de Defesa Nacional”. O “Público” avança que o Presidente “Marcelo condena ‘flagrante violação do direito internacional’. Conselho Superior de Defesa Nacional reúne-se às 12h”. 

“Parlamento: Cabo Verde tem ‘perdido terreno’ em matéria de robustez da sua democracia – PAICV”, indica “A Semana”, em Cabo Verde. A “Inforpress” publica “Parlamento: Governo acusa oposição de querer ‘ferir maior activo’ de Cabo Verde que é a democracia”. 

No Brasil “O Globo” tem em manchete “Fachin diz que TSE [Tribunal Superior Eleitoral] pode impor limites a aplicativos de comunicação que afetem as eleições”. A “Agência Brasil” refere que a “Câmara aprova texto-base do projeto que legaliza jogos no Brasil”. 

Em São Tomé e Príncipe o “Jornal Transparência” divulga “Parlamentos de Cabo Verde e de São Tomé e Príncipe assinam Protocolo de Cooperação”. A “STP-Press” destaca o título “Município de Água Grande vai remover compulsivamente viaturas avariadas na cidade de São Tomé”. 

Quanto a Angola, a “Angop” menciona “João Lourenço em Kinshasa pela paz nos Grandes Lagos”. De acordo com o “Correio da Kianda”, o “Braço feminino da CASA-CE revitaliza base eleitoral em Luanda”. 

No portal do Governo de Moçambique pode ler-se “Moçambique e Qatar projectam cooperar em vários domínios”. A “Folha de Maputo” escreve que o Comandante “Bernardino Rafael exonera Comandante da PRM [Polícia da República de Moçambique] da província de Maputo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

A Vice-Presidente da República de Angola, Esperança da Costa, recebeu em audiência a líder da Assembleia Parlamentar da Organização dos…
Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

O antigo Primeiro-ministro e conselheiro especial do Presidente da República, Nuno Gomes Nabiam demitiu-se das funções alegando a “falta de…
Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

O Ministério do Interior da Guiné-Bissau informou esta segunda-feira, 19 de Setembro, ter detido 41 indivíduos de nacionalidade camaronesa, assim…
Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

A União Europeia (UE) vai financiar, com 90 milhões de euros, quatro novos projetos, em Angola. O montante vai ser…