capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 24 de setembro de 2021

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, destaca o título “Cabo-Verde e São Tomé e Príncipe lançam ‘nova era de cooperação’ virada para ‘desenvolvimento humano’”. No “Jornal Transparência” pode ler-se “Primeiro-ministro de Cabo Verde inicia visita a São Tomé e Príncipe”. 

“Dirigentes de 78 instituições do Estado enviaram já formulário de arrolamento de bens” e “Indonésia propõe aumentar segurança na fronteira para controlar atividades ilegais” são dois dos assuntos mencionados pela “Tatoli” em Timor-Leste

Em Portugal o “Expresso” refere que as “Câmaras do PSD e do CDS são as que cobram menos impostos a famílias e empresas (e foram as que mais os desceram em ano de eleições)”. O “Observador” noticia que a “Comissão Nacional de Eleições arquiva queixa contra António Costa e a propaganda da bazuca europeia”. 

“Brasil disposto a cooperar no combate ao terrorismo em Cabo Delgado”, avança a “Folha de Maputo”, em Moçambique. “Nyusi e Presidente do Ruanda analisam hoje a cooperação bilateral”, indica “O País”. 

Na Guiné-Bissau a “ANG” publica “Dia da independência: Presidente da República convida guineenses a reflexão sobre melhor forma de preservar unidade nacional”. Já “O Democrata” escreve “Mensagem à nação: Sissoco reitera confiança aos guineenses em ultrapassar as dificuldades e promover a paz social”. 

A “Agência Brasil” divulga “Senado: falta de quórum adia votação de PEC [Proposta de Emenda à Constituição] sobre cargos comissionados”. O jornal “O Globo” tem em manchete “MP [Ministério Público] diz ver ‘indícios suficientes’ de peculato em gabinete de Carlos Bolsonaro”.  

Em Cabo Verde o “Tribunal Constitucional rejeita mais três recursos da defesa de Alex Saab”, segundo o “Expresso das Ilhas”. A “Inforpress” partilha “Encerramento de Escolas: MpD considera declarações do PAICV uma tentativa de política ‘populista e irresponsável’”. 

O “Ver Angola” informa que “Angola e RDCongo querem acelerar projecto de exploração petrolífera conjunta”. No “Jornal de Angola” lê-se “UNITA preocupada com morosidade na emissão do cartão de munícipe”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin