capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 25 de janeiro de 2022

O site do Governo de Timor-Leste noticia “Governo analisa últimas etapas para a negociação e assinatura do acordo com a Millennium Challenge Corporation”. A “Tatoli” menciona que o “Primeiro-ministro e Brigadeiro Aluc discutem criação de nova equipa para apoiar MS [Ministério da Saúde]”.

A “Carta de Moçambique” avança “Terrorismo em Cabo Delgado: Nangade mais uma vez atacado”. Segundo a “Folha de Maputo”, a “Tempestade tropical Ana provoca pelo menos dois mortos em Moçambique”.

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, escreve “Santa Catarina: PAICV homenageia pescadores da vila piscatória de Rincão”. O “Expresso das Ilhas” refere “​Empresários alertam para perdas com regresso do IVA no turismo aos 15%. Governo analisa situação”.

Em São Tomé e Príncipe a “STP Press” publica que o “Primeiro-Ministro está a analisar pedido de demissão de Edgar Neves e uma decisão será nos próximos dias”. O “Jornal Transparência” indica “‘Zaire’ da Marinha Portuguesa há quatro anos em missões de apoio em São Tomé e Príncipe”.

De acordo com o “Jornal de Notícias”, em Portugal, uma nova sondagem revela que “Rio ganha vantagem sobre Costa a uma semana das eleições” legislativas. O “Público” divulga que o antigo presidente do governo madeirense “Alberto João Jardim escapa a julgamento por difamação e injúrias”.

Sobre Angola, a “ANGOP” partilha que a “CASA-CE destaca programa de distribuição de água no Bié”. O “Correio da Kianda” cita o porta-voz do partido, Ndonda Nzinga, que afirma que a “FNLA vai ser poder ou liderar à oposição”.

Na “Agência Brasil” lê-se que o “STF [Supremo Tribunal Federal] determina prisão domiciliar para Roberto Jefferson”, que ocupava a presidência do Partido Trabalhista Brasileiro. “O Globo” tem em manchete “Três partidos do Centrão controlam mais de R$ 149,6 bilhões do governo Bolsonaro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin