capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 27 de janeiro de 2022

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, publica “Parlamento: PAICV acusa Governo de aumentar os impostos de ‘forma sorrateira e à socapa’”. Segundo o “Expresso das Ilhas”, o “Primeiro-ministro diz que TACV tem taxa de ocupação de 45%”.

“Dois candidatos à Presidência da República registam-se no Tribunal de Recurso” e “Missão Lepra em Timor-Leste pretende erradicar doença até 2035” são dois temas divulgados pela “Tatoli”, em Timor-Leste.

Sobre as eleições legislativas em Portugal, o “Expresso” refere que, “Ganhe PS ou PSD, Bloco acredita em maioria de esquerda e pede entendimento”. O “Jornal de Notícias” menciona “Políticos mais atentos às redes sociais para conquistar eleitores”.

Na Guiné-Bissau “O Democrata” escreve que o “Governo anuncia que vai financiar o processo de recenseamento eleitoral”. A “ANG” indica que o “Presidente da Républica anuncia doação mensal  de 150 mil francos a cada régulo”.

O “Jornal de Angola” partilha que o “Ministro esclarece dúvidas dos cidadãos sobre registo eleitoral”. A “Angop” noticia que o “MPLA forma quadros em matéria de marking político”.

Em Moçambique a “Folha de Maputo” informa que o “PR [Presidente da República] Nyusi exonera Vice-Governador do Banco de Moçambique”. De acordo com “O País”, o “Chefe do Estado-Maior da Força de Defesa Popular da Tanzânia visita SAMIM em Cabo Delgado”.

O “Jornal Tropical” avança que “São Tomé e Príncipe prorroga estado de calamidade, após pico da quarta vaga”. A “STP-Press” escreve que o “Governo defende implementação de energia sustentável”.

No Brasil “O Globo” destaca que “Corrida contra o tempo: prazos do TSE [Tribunal Superior Eleitoral] e impasses nos partidos ameaçam formação de federações”. No “Estadão” pode ler-se que “Projeto para três megausinas na Amazónia avança após 10 anos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin