Revista de Imprensa Lusófona de 28 de novembro de 2022

A “Agência Brasil” publica “Eleitores de seis cidades voltaram às urnas hoje”. Já “O Globo” tem em destaque “De volta a Brasília, Lula prioriza PEC da Transição e definição de futura equipe”. 

Em Portugal o “Público” escreve “Revisão Constitucional: Paliativos, habitação e fim dos ‘direitos do Homem’: o que une PS e PSD nas mudanças à Constituição”. Segundo o “Expresso”, o presidente da Assembleia da República “Santos Silva nega problema com o Qatar e assegura tranquilidade aos emigrantes”. 

O “Jornal de Angola” noticia “Internacional Socialista e o MPLA reforçam relações”. O “Correio da Kianda” avança “Tribunal Constitucional extingue APN. Partido de Quintino Moreira recorre da decisão”. 

A “STP-Press”, agência de notícias de São Tomé e Príncipe, destaca “Presidente de São Tomé e Príncipe pede inquérito sobre ‘tentativa de golpe de Estado’”. A “Téla Nón” refere “Assembleia Nacional condena intentona e lamenta mortes”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Consultora aponta para quebra da produção de petróleo em 2024

Angola: Consultora aponta para quebra da produção de petróleo em 2024

A consultora BMI Research prevê que a produção de petróleo, em Angola, desça 1,7%, em 2024, totalizando 1,16 milhões de…
Macau: Região ocupa primeiros lugares do relatório Pisa sobre educação

Macau: Região ocupa primeiros lugares do relatório Pisa sobre educação

O estudo do Programa Internacional de Avaliação de Estudante (Pisa), que compara o desempenho de estudantes de 15 anos a…
Governo português determina submissão de pedidos de nacionalidade online passa a ser obrigatória para mandatários

Governo português determina submissão de pedidos de nacionalidade online passa a ser obrigatória para mandatários

O governo português anunciou que, desde 1 de dezembro, a submissão de pedidos de nacionalidade portuguesa por mandatários está a…
Moçambique: Parlamento vota OGE para 2024

Moçambique: Parlamento vota OGE para 2024

A proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2024 indica que as despesas do Estado vão aumentar 15% no…