capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 29 de novembro de 2021

No Brasil o “Estadão” destaca que a “Falta de verba trava perícias do INSS [Instituto Nacional do Seguro Social] em ações judiciais”. A “Folha de S.Paulo” refere que os “Partidos miram campeões de voto em busca de bancadas fortes na Câmara”. 

Em Portugal o “Público” escreve “Administração Pública: Governo quer mini Lojas do Cidadão em metade das freguesias até 2030”. O “Diário de Notícias” indica que a “Comunidade escolar não concorda com alteração de calendário” em janeiro, devido à Covid-19. 

O “Jornal de Angola” publica que a “CASA-CE discute programa de governo”. Segundo “O País”, a “UNITA admite possibilidade de adiamento do seu XIII congresso”. 

Sobre São Tomé e Príncipe a “Téla Nón” noticia que a “Ministra da Justiça rejeita as denúncias dos Juízes”. Na “STP-Press” pode ler-se que a “China oferece a São Tomé e Príncipe material de transmissão militar”. 

Em Cabo Verde “A Nação” divulga que o político “Orlando Dias é candidato à liderança do MpD”. A “Inforpress” menciona que o “PAICV quer aumentar representatividade a nível das câmaras municipais”. 

O “Notícias Online”, em Moçambique, informa que o “PR [Presidente da República] LANÇA UNIDADES DA PRM [Polícia da República de Moçambique] NOS DISTRITOS: Reforçar a defesa de pessoas e bens”. A “Folha de Maputo” avança que o “PR Nyusi inaugura hoje aeroporto em Gaza”. 

“MESCC [Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura] já executou 4,8 milhões de dólares do orçamento de 2021” e “46.º aniversário da Proclamação da Independência: Lú Olo agradece contribuição da CPLP [Comunidade dos Países de Língua Portuguesa] e organizações de solidariedade” são dois dos temas partilhados pela “Tatoli”, em Timor-Leste

“Congresso da JAAC [Juventude Africana Amílcar Cabral]: Akssumi Luís Có denuncia interferência de dirigentes do PAIGC [Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde] e pede transparência no processo” e “Inussa Baldé nega que exista acordo de exploração de petróleo entre a Guiné-Bissau e o Senegal” são dois dos assuntos divulgados pelo jornal “O Democrata”, na Guiné-Bissau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin