Revista de Imprensa Lusófona de 30 de dezembro 2016

Em manchete no jornal português “Correio da Manhã”, é referido que a epidemia de gripe irá aumentar nos próximos 15 dias, lançando um “SOS na saúde”. O jornal avança que o vírus da gripe deste ano aumenta o risco de preocupações junto dos responsáveis da saúde.

No Brasil o desemprego bate recordes e atinge 12,1 milhões de pessoas, 11.9%, a maior percentagem de sempre registada pelas estatísticas, destaca esta manhã o jornal “Estado de São Paulo”. Também na capa lêem-se as declarações do Presidente Michel Temer, que afirma que “as reformas serão a marca” do seu governo.

Para as eleições Presidenciais em Angola, o registo especial para residentes angolanos no exterior “atingiu 500 atualizações no primeiro dia”, destaca o matutino “O País”. Na diplomacia, “Angola aguarda nota verbal de Israel” pois existe a hipótese de cortar relações diplomáticas com esse país, depois da reunião entre o diretor do MIREX Joaquim do Espírito Santo e o embaixador de Israel em Angola, Oren Rosenblat.

O diário “A verdade” de Moçambique conta que Comissão Parlamentar de Inquérito confirmou que o Ministério da Defesa sabia das “dívidas secretas” e realça ainda que as Forças de Defesa e Segurança negam os abusos sob os civis na província de Tete, declarações que a organização norte-americana Freedom House desmente.

O Primeiro-ministro cabo-verdiano “acredita na privatização da Transportadora Aérea Cabo-verdiana em 2017” conta esta sexta-feira o portal “Expresso das Ilhas”. Sobre o país, o Ministro da Economia e do Emprego José Gonçalves anunciou que a sede da Direção Nacional das Pescas terá sede na ilha de São Vicente.

O site de notícias guineense “Guinendade” noticia que 146 comunidades da Guiné-Bissau declararam abandono da mutilação genital feminina, prática que é considerada crime desde 2011. A nível internacional, destaca-se a preocupação da União Europeia sobre o alegado plano para deter o líder do Parlamento guineense, Cipriano Cassamá.

A página oficial do Governo da Guiné Equatorial destaca a distribuição de bens aos mais desfavorecidos para esta época festiva pela Organização Nacional de Cegos da Guiné Equatorial (ONCIGE), bens que foram doados pela primeira dama Constancia Mangue de Obiang. Também nesta quadra, destaque para a cerimónia de felicitações de Ano Novo dirigidas ao Presidente da República S.E. Obiang Bguema Mbasogoque, que decorreu ontem no Palácio do Povo de Malabo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin