capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 30 de dezembro de 2021

A “Carta de Moçambique” escreve que “Terroristas matam cinco pessoas em Mecula”. De acordo com o “Notícias Online”, o “PR [Presidente da República] diz que 2022 é decisivo no combate ao terrorismo”.

Na Guiné-Bissau a “ANG” noticia que o Presidente da Assembleia Nacional Popular “Cipriano Cassamá exorta deputados a abdicarem das cores político-partidárias  para trabalharem para o desenvolvimento do país”. Já “O Democrata” refere que os “Deputados aprovam na especialidade o OGE [Orçamento Geral do Estado] final para o ano económico 2022”.

Em Portugal lê-se no “Público” o título “Eleições legislativas 2022: Catarina Martins: ‘Uma maioria absoluta do PS são recibos verdes, são privatizações’”. O “Expresso” menciona “Covid-19: em breve, 800 mil portugueses poderão ficar em casa, mas esta já é uma fase nova: estamos a viver ‘outra pandemia’”.

Sobre Cabo Verde a “Inforpress” publica que as “Remessas enviadas pelos emigrantes para Cabo Verde já aumentaram quase 40% em 2021”. O “Expresso das Ilhas” indica que o “Governador do BCV [Banco de Cabo Verde] diz que taxas de juro não devem subir até Março”.

“Governo lamenta morte, decreta Calamidade e anuncia apoio as vítimas das chuvas torrenciais em São Tomé” e “Parceiros de cooperação disponíveis para apoiar Governo a superar danos causados por fortes chuvas” são dois dos temas partilhados pela “STP-Press”, em São Tomé e Príncipe.

O “Jornal de Angola” informa que foram “Instaurados 700 novos processos-crime” em 2021. Segundo o “Club-K”, “Renomadas figuras do MPLA preparam visita a Eduardo dos Santos”.

A “Agência Brasil” avança que “Decreto institui conselho de fundo de desenvolvimento regional”. O “Estadão” destaca o título “Economia brasileira terá de superar estagnação, instabilidade e desigualdade no próximo ano”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin