capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 30 de julho de 2021

Em Cabo Verde o “Expresso das Ilhas” informa que o “Parlamento aprova Orçamento Rectificativo de 2021 com votos favoráveis do MpD e UCID”. No “Santiago Magazine” pode ler-se “Parlamento. Bancada do MpD regozija-se com medidas do Governo para resolver desequilíbrio de financiamento”.

“Taur considera OGE [Orçamento Geral do Estado] 2022 verdadeira oportunidade para recuperação do país” e “Governo impõe confinamento domiciliário em Ermera e Railaco” são dois dos temas partilhados pela “Tatoli” em Timor-Leste.

A “Agência Brasil” noticia que o “Presidente defende voto impresso nas eleições durante live”. Já “O Globo” tem em destaque o título “Afirmar ‘se eu perder, houve fraude’ é ‘discurso de quem não aceita a democracia’, diz Barroso”.

Na Guiné-Bissau a “ANG” avança que o “FMI [Fundo Monetário Internacional] aprova programa monitorizado pelo corpo técnico para a Guiné-Bissau”. De acordo com “O Democrata”, o “Governo admite que a floresta da Guiné-Bissau está em degradação e ameaçada”.

A ex-candidata à Presidência da República de Portugal “Ana Gomes doa 31 mil euros das presidenciais para jornalismo independente”, escreve o “Jornal de Notícias”. O “Expresso” publica “PS acusado de amnistiar autarcas em risco de sanções”.

A “Carta de Moçambique” divulga que o líder da Junta Militar da Renamo “Mariano Nhongo diz que permanecerá fiel às suas revindicações”. Segundo o “Notícias Online”, o “PR [Presidente da República] quer mais investimento americano em Moçambique”.

Sobre São Tomé e Príncipe a “Téla Nón” refere que os “Juízes do TC [Tribunal Constitucional] receberam orientação clara do Estado para resolver a crise do processo eleitoral”. A “STP-Press” menciona “Eleições: Tribunal Constitucional vai voltar a reunir-se e, naturalmente, produzir um novo acórdão”.

O “Portal de Angola” indica que o “Director-geral do Hospital Regional de Malanje em prisão preventiva”. Na “Angop” lê-se que o “MPLA ausculta problemas sociais do Cunene”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin