capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 31 de maio de 2021

No Brasil “O Globo” tem em manchete o título “CPI [Comissão Parlamentar de Inquérito] da Covid: ‘G7’ quer antecipar novo depoimento de Queiroga para falar de risco da terceira onda”. A “Folha de S.Paulo” destaca que, “Após protestos, aliados de Bolsonaro miram Lula, que aposta em desgaste do governo”. 

“OE2022 [Orçamento do Estado para 2022]: PS diz que é possível ‘resultados concretos’ com BE desde que o partido queira”, escreve o “Público” em Portugal. “Direita resolveu num ano um problema de 40 anos à esquerda”, lê-se no “Diário de Notícias”. 

O “Jornal de Angola” publica que a “UNITA diz haver aliciamento de militantes”. Já o “Angola 24 Horas” refere que o candidato à presidência do Bloco Democrático “Filomeno Vieira Lopes apela ao voto na sua candidatura para que o partido possa reforçar frente da oposição contra o MPLA nas eleições de 2022”. 

Em São Tomé e Príncipe o “Jornal Transparência” avança que o candidato do MLSTP-PSD às eleições presidenciais de 18 de julho “Guilherme Posser formaliza candidatura e defende proximidade entre todos os Santomenses”. A “Téla Nón” menciona o “Fórum de Diálogo Sanitário para atrair fundos”. 

Sobre Cabo Verde o “Santiago Magazine” divulga que “Janira deixa liderança do PAICV. Novo presidente interino será escolhido nos próximos dias e eleições em Dezembro”. Segundo “A Semana”, o “Presidente da Câmara Municipal da Praia visita Portugal, Luxemburgo e Holanda”. 

A “Carta de Moçambique” partilha “Sucessão de Daviz Simango: Candidatos serão conhecidos em Setembro”. O jornal “O País” informa que o “PR [Presidente da República] testemunha assinatura de acordos dos projectos de Temane”. 

O site do Governo de Timor-Leste noticia que o “Ministro da Presidência do Conselho de Ministros reúne com responsável das Nações Unidas no âmbito da apresentação de um estudo sobre diversificação económica”. Na “Tatoli” pode ler-se que o “Governo renova declaração do estado de calamidade por mais dois meses”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin