capa da Revista de Imprensa Lusófona

Revista de Imprensa Lusófona de 9 de março de 2017

“Desfecho da renegociação das dívidas continua sem data” é um dos títulos na primeira página do jornal “O País” de Moçambique, esta quinta-feira. O “Notícias” optou por abrir a edição referindo que “Gasolineiras pedem abolição de subsídios”.

No Brasil o jornal “O Globo”, numa referência ao Dia Internacional da Mulher, publica “Violência Contra a Mulher: Uma rotina de agressões”, um texto que revela que “a cada 12 minutos uma mulher é agredida no Rio”.

O “Diário de Notícias” em Portugal, abre a primeira página assinalando o primeiro aniversário da presidência de Marcelo Rebelo de Sousa, mas também com a informação que “Desempregados: Mais de 2600 usaram subsídio para criar o segundo emprego”.

A imprensa em Angola destaca na manhã desta quinta-feira o “Fim da importação de gás”, que abre a edição do “Jornal de Angola”, e “Angola deixa de importar gás butano” no jornal “O País”.

“Bloqueio ao negócio de gás ameaça segurança marítima em Neves” destaca o portal de notícias de São Tomé e Príncipe, Téla Nón.

Em Cabo Verde o jornal “A Semana” refere que no “Caso da manipulação dos órgãos da comunicação social: Ministro Abraão Vicente chamado ao parlamento”.

O portal “Asodegue Segunda Etapa – Noticias de Guiné Equatorial”, retomando uma notícia da agência EFE, dá destaque a “Dezenas de detidos em ato de oposição guineense para celebrar o Dia da Mulher”.

Gregory Garland, diplomata norte-americano, afirma que os “EUA confiam no Acordo de Conacri para saída da crise política na Guiné-Bissau”, publica o portal da rádio guineense “A Voz da Juventude”.

“Partidos exigem mais explicações a declarações de PR timorense sobre futuro político” é o destaque do portal Sapo Timor-Leste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Dia Mundial do Teatro celebrado no Rossio e online

Dia Mundial do Teatro celebrado no Rossio e online

Este ano, o Teatro Nacional D. Maria II celebra o Dia Mundial do Teatro no Rossio, mas também noutras zonas…
Líderes dos EUA e da China conversam sobre guerra

Líderes dos EUA e da China conversam sobre guerra

Os Presidentes dos Estados Unidos da América (EUA), Joe Biden, e da China, Xi Jinping, iniciaram uma conversa telefónica nesta…
Moçambique: Polícia anúncia morte                    de 10 terroristas na Ilha Matemo, em Cabo Delgado

Moçambique: Polícia anúncia morte  de 10 terroristas na Ilha Matemo, em Cabo Delgado

A Polícia da República de Moçambique, em Cabo Delgado, anunciou na passada quinta-feira, em Pemba, a morte de 10 supostos terroristas, que desde a madrugada de quarta-feira invadiram a ilha Matemo, no arquipélago das Quirimbas.O Porta-voz da PRM em Cabo Delgado, Ernesto Madungue, disse que, as Forças de Defesa e Segurança, ainda trabalham para tirar de acção, outros elementos terroristas, que alegadamente estão misturados com a população.O Porta-voz da corporação em Pemba, não esclareceu, como as FDS estão a trabalhar, para não pôr em causa ou mesmo confundir os…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin