Autoridades do Brasil e de Portugal realizam operação no consulado português do Rio de Janeiro contra “ações ilícitas em práticas consulares”

A Polícia Federal do Brasil realizou, na passada terça-feira, dia 7 de novembro, uma ação conjunta com as autoridades portuguesas no Consulado-Geral de Portugal no Rio de Janeiro. Em causa está a operação “Agendródomo” que visa cumprir cinco mandados de busca e apreensão nos municípios do Rio de Janeiro e Saquarema, ambos no Estado do Rio de Janeiro.

Segundo apurámos, cerca de 30 policiais federais e agentes de segurança portugueses, além de membros do Ministério Público de Portugal, estão a cumprir os mandados expedidos pela Justiça Federal brasileira, que “atendeu pedidos de mandados de busca e apreensão formulados por autoridades portuguesas”.

As investigações, iniciadas e conduzidas pelas autoridades de Portugal, apuram “o agendamento ilícito de vagas para a prática de atos consulares, além dos crimes de corrupção, concussão, peculato e falsificação de documentos cometidos por funcionários do Consulado-Geral de Portugal no Rio de Janeiro, em conluio com requerentes de vistos e nacionalidade portuguesa”.

A Polícia Federal do Brasil coordena as ações nesse país sul-americano, por meio de cooperação jurídica internacional com as autoridades portuguesas.

Ígor Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Banco Mundial estima crescimento económico de 2,8% para Angola

Banco Mundial estima crescimento económico de 2,8% para Angola

O Banco Mundial considera que a economia angolana pode crescer 2,8% em 2024, após ter subido 0,8% em 2023, através…
Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

O primeiro-ministro de Portugal, Luís Montenegro, afirmou que vê “com bons olhos” o facto de a Palestina vir a adquirir…
Moçambique: Naparamas abatem dez terroristas em Macomia

Moçambique: Naparamas abatem dez terroristas em Macomia

A força paramilitar Naparamas anunciou, ontem, ter morto pelo menos 10 insurgentes durante uma invasão a um esconderijo do grupo,…
Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, partilhou no Parlamento que, entre 2021 e 2023, o…