Guiné-Bissau: Embaixada de Portugal pede aos portugueses a permanecerem em casa

“Na sequência de movimentações militares que tiveram lugar esta tarde e um eventual aumento da tensão, com possíveis reflexos ao nível da segurança, aconselha-se, por precaução, a comunidade portuguesa na Guiné-Bissau, particularmente em Bissau, a restringir a circulação ao estritamente necessário, até que a situação se encontre normalizada”, refere a Embaixada de Portugal na Guiné-Bissau que informa que “continuará a acompanhar a situação”.

Em caso de urgência, os cidadãos portugueses poderão contactar o Gabinete de Emergência Consular através dos números 961 706 472 e 217 929 714 e dos endereços de e-mail gec@mne.pt e bissau@mne.pt , comunicou a embaixada de Portugal em Bissau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Governo vai passar a controlar preços no país

Moçambique: Governo vai passar a controlar preços no país

O Governo moçambicano informou que vai passar a determinar e a controlar, a partir das próximas duas ou três semanas,…
Angola: Governo fala sobre crescimento do setor não petrolífero até 2050

Angola: Governo fala sobre crescimento do setor não petrolífero até 2050

O ministro de Estado para a Coordenação Económica de Angola, Manuel Nunes Júnior, avançou que o setor de produtos não…
Cabo Verde passa a considerar novas empresas como "grandes contribuintes"

Cabo Verde passa a considerar novas empresas como "grandes contribuintes"

Uma alteração à portaria de 2013 aprovada pelo Ministério das Finanças de Cabo Verde leva a que as autoridades tributárias…
Universidade de Coimbra lidera projeto para combater a obesidade e promover a saúde ao longo da vida

Universidade de Coimbra lidera projeto para combater a obesidade e promover a saúde ao longo da vida

O projeto “PAS GRAS: redução de riscos metabólicos, determinantes ambientais e comportamentais da obesidade em crianças, adolescentes e jovens adultos”,…