Ataque do al-Shabab em Mogadishu mata 3 pessoas

Um bombista suicida detonou um veículo carregado de explosivos num checkpoint de segurança perto do aeroporto internacional de Mogadishu, Somália, matando pelo menos três pessoas.

De acordo com Mohamed Hussein, oficial da polícia somali, a bomba detonou quando as forças de segurança realizavam a vistoria de segurança no veículo. A explosão permitiu a passagem de um segundo veículo também carregado de explosivos. No entanto, elementos das forças da União Africana atacaram o veículo e este acabou por detonar pouco depois.

O local da detonação dista poucos metros do aeroporto internacional e da base onde está instalada a missão de paz da União Africana.

O grupo al-Shabab, com ligações aos extremistas da Al-Qaeda, já reivindicou a autoria deste ataque.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: UCID diz que Governo ignora "gritos da população"

Cabo Verde: UCID diz que Governo ignora "gritos da população"

O líder da UCID, João Santos Luís, garantiu nesta segunda-feira, 28 de novembro, que o seu partido não vai dar…
Moçambique: Cerca de 30 agentes da PRM patenteados na cidade de Pemba

Moçambique: Cerca de 30 agentes da PRM patenteados na cidade de Pemba

Devido ao bom desempenho no exercício das funções, na província de Cabo Delgado, 29 agentes da Polícia da República de…
Angola: PR quer mais investimentos do setor privado

Angola: PR quer mais investimentos do setor privado

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, defendeu maiores investimentos privados norte-americanos, no âmbito da parceria estratégica. O objetivo…
Moçambique: Chang acusado de corrupção e de outros crimes

Moçambique: Chang acusado de corrupção e de outros crimes

O ex-ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang, é acusado pelo Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC) de se…