Brasil: Polícia Federal obrigada a atuar para prevenir atos terroristas no país

No Brasil, os estados de Minas Gerais e São Paulo, além do Distrito Federal, foram o destino da “Operação Trapiche” deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira, dia 8, com o objetivo de “interromper atos preparatórios de terrorismo e obter provas de possível recrutamento de brasileiros para a prática de atos extremistas no país”.

Policiais federais cumpriram dois mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Subseção Judiciária de Belo Horizonte, nos estados de Minas Gerais, São Paulo e no Distrito Federal.

Segundo apurámos, os recrutadores e os recrutados devem responder pelos crimes de “constituir ou integrar organização terroristas e de realizar atos preparatórios de terrorismo”, cujas penas máximas, se somadas, chegam a 15 anos e seis meses de reclusão.

No Brasil, os crimes previstos na Lei de Terrorismo são equiparados a hediondos, considerados inafiançáveis, insuscetíveis de graça, anistia ou indulto, e o cumprimento da pena para esses crimes dá-se inicialmente em regime fechado, independentemente de trânsito em julgado da condenação.

Em forma de balanço, a Polícia Federal do Brasil cumpriu sete mandados de busca e apreensão cumpridos em Minas Gerais, três mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e um mandado de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária cumpridos em São Paulo.

Ígor Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…
Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …
Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

A Câmara Municipal da Praia (CMP) reafirmou o compromisso de resolver as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, sublinhou que muitos…
Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…