Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Foi inaugurado, segunda-feira, em Santa Catarina, o Centro de Cuidados de Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais. Localizado no edifício do ICCA, o centro visa aprimorar a assistência às crianças com necessidades especiais, sendo uma resposta às demandas da comunidade local.

O evento contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Jassira Monteiro, e do Ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire.

Para o representante dos pais de crianças especiais, Ilisia Varela, “é com imensa satisfação, emoção e gratidão que recebemos este tão sonhado espaço”. Ressaltou ainda que a iniciativa melhora a qualidade de vida das crianças e suas famílias, agradecendo aos parceiros pelo apoio.

O Encarregado de Negócios da Embaixada do Luxemburgo em Cabo Verde, Thomas Barbancey, enfatizou que o novo centro ajudará as mães a conciliarem os cuidados aos filhos com a entrada no mercado de trabalho.

Este projeto da Direção Geral de Inclusão Social “Cuidar para Incluir – Apoio às Mulheres Trabalhadoras do Setor Informal e Mães Estudantes”, tem como propósito fomentar a capacidade dos equipamentos sociais por meio da requalificação e apetrechamento de creches municipais, permitindo que mulheres trabalhem e meninas prossigam seus estudos ou formação profissional.

A Presidente da Jassira Monteiro sublinhou o compromisso com as políticas sociais, destacando que a inauguração do centro reflete a marca do mandato “Com razão e Coração, Políticas Sociais Ativas”. Monteiro lembrou a inauguração anterior do CAIS, o maior centro social de Cabo Verde, e reafirmou o compromisso de não deixar ninguém para trás.

O Ministro Fernando Elísio Freire, por sua vez, reforçou a parceria entre o governo e a Câmara Municipal para a criação de políticas de inclusão mais efetivas. O novo centro, segundo Freire, permitirá que as mães participem do mercado de trabalho enquanto oferece cuidados essenciais às crianças com necessidades especiais.

E de referir que a Cooperação Luxemburguesa, associada ao programa Creche do Ministério da Família, financiou a reabilitação do centro.

Anícia Cabral – Correspondente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…