Brasil: Seminário on-line vai discutir “diálogo e cooperação” entre as Bibliotecas Nacionais do Brasil e dos PALOPs

Na próxima quinta-feira, dia 6, a partir das 10h, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), entidade vinculada do Ministério da Cultura (MinC) do Brasil, localizada no Rio de Janeiro, promove o seminário online “Rio Atlântico – Diálogo e Cooperação entre as Bibliotecas Nacionais do Brasil e dos PALOPs”, um evento que será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube da instituição (@fundacaobibliotecanacional).

O título do seminário é uma homenagem ao livro “Um Rio chamado Atlântico – A África no Brasil e o Brasil na África”, de Alberto da Costa e Silva.

Este será o primeiro evento da FBN voltado para o diálogo e cooperação com bibliotecas nacionais de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPs): Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

A abertura do seminário ficará por conta do presidente da FBN, Marco Lucchesi, que abordará o tema “Potências da Memória”. Em seguida, o diretor da Biblioteca Nacional de Guiné-Bissau, Iaguba Djalo, falará sobre “Bibliotecas Nacionais dos PALOPs/Brasil: desafios e oportunidades”. Já a diretora-geral da Biblioteca Nacional de Angola, Diana Afonso Luhuma, fará uma palestra intitulada “Um olhar do presente para o futuro”.

Na sequência do evento, a presidente do Instituto da Biblioteca Nacional de Cabo Verde, Matilde Mendonça dos Santos, falará sobre “Projetos de vanguarda no Instituto da Biblioteca Nacional de Cabo Verde”. A fala de encerramento será da diretora da Biblioteca Nacional de São Tomé e Príncipe, Marlene José, com o tema “Há vida na Biblioteca Nacional de São Tomé e Príncipe”.

No dia 7 de junho, a FBN disponibilizará no canal do YouTube o curso “Preservando sem Fronteiras”, para transmissão de conhecimentos nas áreas de preservação e conservação – nas quais é referência mundial – para as parceiras africanas.

Segundo algumas fontes, “as relações culturais sul-sul são uma prioridade” na gestão do presidente Marco Lucchesi. A aproximação com os PALOPs insere-se neste contexto. Em agosto de 2023, a FBN realizou o I Encontro da Biblioteca Nacional com os PALOPs, uma reunião virtual histórica que marcou a aproximação simbólica entre a instituição e as bibliotecas nacionais de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Na ocasião, os participantes comprometeram-se a desenvolver parcerias entre as instituições. Entre as ações propostas, estão o envio pela FBN de publicações de edições próprias para as bibliotecas dos PALOP, realizado por meio de parceria com a Marinha do Brasil; a formação de grupos de trabalho para a troca de experiências, a exemplo do curso “Preservando sem Fronteiras”; e o intercâmbio de textos/ artigos para inclusão em revistas e outras publicações das bibliotecas.

Esta última ação será concretizada, por exemplo, na publicação de textos enviados pelos parceiros africanos na Revista do Livro, da FBN. Os dirigentes das bibliotecas nacionais dos PALOPs integram o novo conselho editorial da publicação.

Ígor Lopes – Correspondente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…