Universidade de Coimbra integra projeto europeu pioneiro na área da Economia Circular

A Universidade de Coimbra (UC) participa no projeto CHEERS4EU, focado na criação de “Circular Hubs” e na promoção de economia circular, através da colaboração inter-regional e inovação, visando vários setores de atividade.

Os “Circular Hubs” servem como motor para as regiões Europeias promoverem uma economia circular baseada em valores de sustentabilidade. O CHEERS4EU, que decorrerá até 2028, é o primeiro projeto INTERREG EUROPE centrado nesta temática, contando com a presença de vários parceiros europeus e associados de sete países diferentes.

O consórcio é coordenado pela Province of Limburg (NL), contando como parceiros com a Skive Municipality (DK), Standortagentur Tirol (AT), Pardubice Business Incubator (CZ), Universidade de Coimbra (PT), SEKUENS – Science, Business Competitiveness and Innovation Agency of Asturias (ES), Helsinki Region Environmental Services Authority (FI), e como parceiros associados a Province of Tyrol (AT), The Pardubice region – Regional Authority of the Pardubice Region (CZ) e a CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (PT).

De acordo com a equipa da UC, «este projeto pretende identificar fatores fundamentais na formação e exploração de um “Circular Hub” num contexto regional específico, a fim de influenciar instrumentos políticos para garantir o apoio regional. A aposta incidirá sobre o intercâmbio de boas práticas no que respeita à colaboração Multi-Hélice, às cadeias de valor circulares, aos modelos de negócio e ao impacto social».

Assim, os investigadores pretendem contribuir para a criação de condições propícias para o estabelecimento de um primeiro “Circular Hub” na Região Centro de Portugal, focado no setor agroindustrial.

Na UC, o projeto é coordenado por Susana Garrido, da Faculdade de Economia (FEUC), e conta com a participação de diversos docentes e investigadores, designadamente, Alexandra Aragão, Faculdade de Direito (FDUC), António Alberto (Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências (FCTUC), Carmina Nunes (FEUC), Dulce Lopes (FDUC), Luis Ferreira (Departamento de Engenharia Mecânica da FCTUC), Margarida Quina (Departamento de Engenharia Química da FCTUC), Paula Morais (Departamento de Ciências da Vida da FCTUC) e Vanessa Magalhães ( Departamento de Engenharia Mecânica da FCTUC).

A equipa é amplamente multidisciplinar envolvendo investigadores de quatro centros de investigação, nomeadamente Centre for Business and Economics Research (CeBER), Centro de Direito Público e Regulação (CEDIPRE), Centro de Engenharia Química e Recursos Renováveis para a Sustentabilidade (CERES) e Centro de Engenharia Mecânica, Materiais e Processos (CEMMPRE). 

Para mais informações, visite o site do projeto ou contacte através do email: cheers4eu@uc.pt.

Universidade de Coimbra

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…