Cabo Verde

Cabo Verde: MpD admite falhas de comunicação interna e externa do partido

Líder do MpD, Ulisses Correia e Silva

A secretária-geral do Movimento para a Democracia (MpD), Filomena Delgado, reconheceu nesta quarta-feira, 11 de março, que o partido tem de reorganizar-se de forma a responder melhor às falhas existentes na comunicação interna e externa. 

A observação foi feita aos jornalistas, à margem da primeira reunião da nova Comissão Política Nacional (CPN) desta formação política no podertendo sido igualmente salientada a necessidade de os diferentes órgãos cumprirem com as suas atribuições. 

Filomena Delgado partilhou que a questão da comunicação interna e externa foi um tema muito debatido durante a convenção, tendo alguns militantes do partido reconhecido que essa comunicação está mal. Essa situação e a ação política do MpD, acrescentouterão de ter em conta o setor da educação, saúde, cultura e desenvolvimento sustentável, aspetos que constam na moção estratégica aprovada na última convenção. 

“O MpD terá de organizar-se para responder às propostas e aos compromissos assumidos na moção de estratégia, como, por exemplo, a questão de proximidade aos militantes, a questão do funcionamento de todo o sistema do MpD, Governo, deputados, presidentes das câmaras e assembleias municipais, comissão política nacional, concelhias, JpD [Juventude para a Democracia], associação das mulheres democráticas, aumento de número de militantes e a questão da abertura a sociedade”, ajuntou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo