Ministros da CPLP unem-se para analisar situações de emergência

Os chefes da diplomacia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vão analisar nesta segunda-feira, 28 de setembro, por videoconferência, a criação de um possível mecanismo de apoio entre os Estados-membros em situações de emergência ou catástrofe. 

Segundo o comunicado de imprensa do Ministério das Relações Exteriores de Angola, este país participa na reunião com uma delegação chefiada pelo chefe da diplomacia, Téte António, a partir das instalações do referido ministério. 

Durante a reunião do Conselho de Ministros, que decorre então à margem da 75.ª sessão ordinária da Assembleia-Geral das Nações Unidas, os responsáveis irão partilhar informações sobre o estado e o impacto da Covid-19 nos Estados-membros. Será igualmente abordada a XV reunião extraordinária do Conselho de Ministros, marcada entre os dias 0e 09 de dezembro. 

Os chefes da diplomacia da CPLP vão ainda falar sobre a situação financeira do secretariado executivo da organização e a XIII Conferência de Chefes de Estado e de Governo. Tal está marcado para julho do próximo ano, em Luanda. 

Outro dos temas debatidos será o ponto de situação relativo ao projeto de Acordo sobre a Mobilidade na CPLP em face do mandato conferido pela XXIV Reunião do Conselho de Ministros da CPLP, realizada em São Vicente (Cabo Verde) a 19 de julho de 2019. 

O ministro cabo-verdiano das Relações Exteriores de Angola, Téte António, disse recentemente que o país mantém a disponibilidade em acolher a Cimeira da CPLP assim que for ultrapassada a situação da pandemia da Covid-19. “Angola está pronta para acolher esta Cimeira, tão logo se decida pela sua realização”, garantiu, falando sobre o evento adiado, que estava marcado para julho deste ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin